OS NÚCLEOS

Finanças, administração Pública e Internet


 

Home

O Governo do Estado está disposto a acatar as sugestões dos servidores da Fundação Hospitalar de Saúde (FHS) para evitar as temidas demissões a partir de março do próximo ano, prazo máximo concedido pela Justiça Federal para a extinção do contrato daquela autarquia com a Secretaria de Estado da Saúde (SES). Nesta sexta-feira, 9, o secretário de saúde, Almeida Lima, garantiu que nenhum dos servidores será demitido e que o Governo do Estado manterá a FHS, apesar de por fim ao contrato, que permite a contratação dos servidores e de serviços.

E propôs como alternativa para acabar com o impasse, o cessão dos servidores da FHS para a Secretaria de Estado da Saúde. Medida que divide opiniões. A maioria quer que a administração direta absorva os servidores da Fundação Hospitalar de Saúde e que a medida seja definida por lei estadual a partir de projeto a ser enviado pelo Governo do Estado.

Fonte: Infonet